terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Dieta Coletiva - Post 4 - ( atrasadinho! ) rsrsrsrs

Olá, meninas ( os ) queridas ( os ) do meu coração!!!

Estou atrasadinha com meu post ( o combinado foi postar às segundas-feiras sobre a Dieta Coletiva ) ...me desculpem, mas estou na última semaninha de férias e parece que os dias da semana perderam um pouco do seu valor cronológico...rsrsrsrsrsr....
Mas, cá estou a falar sobre a nossa Dieta Coletiva!! Ai, meu Deus do céu...que dureza isso...confesso que tá muito difícil minha perda de peso...nessa semana passada eu cometi vários deslizes ( tomei sorvete ( apenas uma vez, viu?? ), comi bolo de chocolate com o filhote que também está de férias comigo aqui na praia, e comi o arrozinho com feijão deliciosoooooooo da mami !!! Afinal, férias na casa da mãe sem comer a comidinha deliciosa dela é crueldade, né?
Mas, meu compromisso e minha consciência que preciso melhorar não mudou, não acabou...sei que vou conseguir, pode demorar, mas eu chego lá!
Continuo tomando meu cházinho verde, caminhando na praia ( que delíciaaaaaaaaa!!! ), evitando doces e chocolate ( acredita que papai trouxe um sonho de valsa e eu tive que recusar ??? rsrsrsrs), tenho comido gelatina diet  na hora que dá aquel vontade de comer doce, tenho comido minhas duas castanhas do pará/dia , nos intervalos das refeições tenho comido uma barrinha de cereais, enfim...sei que aos poucos eu chego lá...mas tá dificil, viu gente? Confesso que pela primeira vez eu percebo tão claramente a dificuldade que estou tendo em perder peso....e pensando nisso, andei pesquisando na internet sobre esse assunto , a dificuldade da perda de peso depois dos 40.....e consequentemente, da menopausa precoce que tive também já há uns dois anos e meio....
Vamos ler juntas sobre o assunto? Espero que te ajude assim como me ajudou a entender minhas limitações e que não posso desistir e sim persistir porque mesmo sendo difícil,não é impossível!!

Um grande beijo pra todooooooooossss 1!!

Fiquem com Deus !!

Até o fim da semana eu vou postar as " artes" que andei  aprontando nesses dias de férias e de delíciaaaaaaaaaaaa!!!, tá ?


Mulheres com mais de 40 anos têm dificuldades para emagrecer

AMARÍLIS LAGE
da Folha de S.Paulo
 
Até os quarenta anos, a assistente financeira Maria Inês Castro se orgulhava de manter o mesmo peso que tinha ao se casar, aos 23 anos: 52 kg. Nos anos seguintes, porém, o ponteiro da balança teimava em subir. E, aos 45, quando Maria Inês entrou no climatério, ele disparou de vez. Para piorar, os novos quilos se concentraram na barriga. "Emagrecer era superdifícil", diz ela, hoje com 54 anos.
Com algumas variações, essa história se repete diariamente em consultas a nutricionistas e em clínicas endocrinológicas. As pacientes contam que mantêm a mesma alimentação, os mesmos exercícios e, ainda assim, engordam. Por quê?
A resposta passa por alterações hormonais, queda do metabolismo, diminuição do sono e estresse, entre outros fatores.
Some-se a isso a adoção de hábitos nada saudáveis. "Na juventude, as pessoas usam transporte público, têm mais tempo livre e fazem mais exercícios. Depois, muitas adotam um estilo de vida que dificulta a perda de peso", ressalta Márcio Mancini, médico do grupo de obesidade do Hospital das Clínicas da USP (Universidade de São Paulo) e presidente eleito da Abeso (Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica).
A boa notícia: dá para se preparar para a nova fase, assim como reverter as mudanças na silhueta. Não se trata só de estética, mas de saúde.
Mulheres que ganharam dez quilos ou mais após a menopausa tinham 18% mais chance de desenvolver câncer de mama, segundo estudo divulgado ano passado no "JAMA" (publicação da Sociedade Americana de Medicina).
Já quem perdeu dez quilos ou mais após a menopausa e nunca fez reposição hormonal tinha 57% menos chance de ter esse tipo de tumor do que quem manteve o peso.

Metabolismo e hormônios
 
Tanto homens quanto mulheres vivenciam a queda da taxa metabólica ao envelhecer. Isso significa que o corpo gasta menos energia para se manter funcionando aos 40 anos do que aos 20, por exemplo. "Até os 30, tudo era fácil. Eu podia comer besteira que queimava rapidinho --depois o metabolismo fica devagar. Sempre me exercitei, mas, para ter resultado agora, tem de ser mais intenso", conta a dona-de-casa Denise Olivetto, 43.
Uma desvantagem para as mulheres é que elas têm, naturalmente, menos massa magra (músculos, ossos e vísceras, que queimam muita energia) e mais tecido adiposo.
A sorte delas é que o estrogênio estimula o acúmulo de gordura nos quadris, dando-lhes o formato de ampulheta. Já a testosterona (hormônio masculino) leva os homens a depositarem gordura na região abdominal -a famosa "barriga de chope", perigosa para a saúde.
Mas, por volta dos 45 anos, elas perdem essa vantagem: com a diminuição dos níveis de estrogênio, a proporção da testosterona no organismo feminino sobe. O resultado é o surgimento da gordura abdominal.
Extremamente prejudicial, ela eleva o risco de doenças cardiovasculares, de hipertensão e de diabetes, explica o endocrinologista Sérgio Braga, diretor médico do spa Salute Bahia.
O tecido adiposo participa ativamente da regulação hormonal e, quando localizado no abdômen, age de forma diferente, afirma Mancini.
Entre as substâncias fabricadas pela gordura abdominal, estão duas com ação inflamatória: a IL-6 e o TNF-alfa. Em alta concentração, elas levam a uma inflamação crônica dos vasos sangüíneos --o que pode levar à arteriosclerose-- e aumentam a resistência à insulina -a porta de entrada para o diabetes. Outras proteínas ligadas à gordura visceral são a PAI-1, que leva à formação de coágulos no sangue, e a angiotensina-II, que causa hipertensão.
A gordura abdominal também produz uma substância benéfica: a adiponectina, que é antiinflamatória e aumenta a sensibilidade à insulina. Mas, quando há excesso de gordura corporal, a produção de adiponectina cai, deixando o organismo mais suscetível a complicações, diz o endocrinologista Bruno Geloneze, da Abeso.
A pedagoga Eleni Gorgueira, 47, conhece de perto esses riscos. Sua família tem tendência a engordar, afirma. Atualmente, sua mãe tem diabetes e suas duas irmãs, hipertensão. Ela mesma, ao ganhar alguns quilos, fica com a pressão mais alta. "Ainda não entrei no climatério, mas já percebi que o metabolismo desacelerou", diz.
Felizmente, a gordura visceral é mais fácil de "queimar": quem perder 10% de gordura corporal provavelmente perderá 30% da gordura presente no tórax, compara Geloneze.
"É mais simples perder a gordura da barriga do que a das coxas", afirma Mancini. Esse, diz, é um dos motivos pelos quais os homens emagrecem mais rapidamente do que as mulheres.

Desânimo
Mas, para queimar a gordura, é preciso comer menos e se exercitar mais --algo nem sempre fácil para mulheres em meio a um turbilhão emocional. "Dos 41 aos 55 anos, as mulheres passam por uma transição hormonal, e algumas podem ser mais vulneráveis a essa fase", afirma o psiquiatra Joel Rennó Jr., coordenador do Pró-Mulher (Projeto de Atenção à Saúde Mental da Mulher, do Hospital das Clínicas da USP).
Isso inclui sintomas ansiosos e depressivos, que podem interferir no peso. Foi o que aconteceu com a secretária Regina Laplaca, 58, quando ela entrou na menopausa, há cinco anos. "Devido à variação hormonal, fiquei tão deprimida que parei as minhas caminhadas", conta.
Além disso, nessa fase muitas mulheres enfrentam mudanças na relação com os filhos, que chegam à adolescência, e vivem uma fase profissional estressante, ressalta o psiquiatra. Esse estresse também influi no peso: ele libera o cortisol, que afeta o metabolismo e leva à resistência à insulina.
Outro fator importante é o sono. É comum ter insônia nos primeiros cinco anos de menopausa e, no climatério, os "calores" impedem muita gente de dormir, afirma o ginecologista Ivaldo Silva, um dos coordenadores da Casa do Climatério, da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo).
Após uma noite em claro, é difícil querer se exercitar, mas essa não é a única conseqüência. "Quem dorme menos engorda mais", diz a neurologista Dalva Poyares, do Instituto do Sono, da Unifesp. Uma das hipóteses para isso, diz, é que durante o sono o corpo libera o hormônio do crescimento, que tem efeito anabolizante (aumenta a massa muscular, melhorando o metabolismo).
Além disso, diz Geloneze, da Abeso, a falta de sono também libera cortisol e interfere em hormônios como a grelina (hormônio da fome) e a leptina (hormônio da saciedade).

Doença
 
As mudanças dessa faixa etária também podem ser acompanhadas por uma doença: o hipotireoidismo. O problema costuma afetar mulheres e surgir após os 40 anos. No Brasil, suspeita-se que parte dos casos esteja ligada ao excesso de iodo no sal entre 1998 e 2003.
O hipotireoidismo é associado à piora da hipertensão, ao aumento da glicemia e à fraqueza muscular. Ele também diminui o metabolismo. O problema é irreversível, mas pode ser tratado com reposição hormonal específica.
Na ausência de doença, a melhor estratégia para manter o peso é adotar hábitos saudáveis o quanto antes. "Quem tem tendência a doenças crônicas deve se cuidar o mais cedo possível. Antes da menopausa, os resultados são mais rápidos", diz a nutricionista Lucyanna Kalluf, membro científico do CBNF (Centro Brasileiro de Nutrição Funcional).
A receita não é complicada, diz Mancini. "Quem se alimentar de forma saudável, não ceder ao marketing de alimentos industrializados e reservar tempo para a atividade física dificilmente terá problemas."
Foi o que fez a farmacêutica Maria Inês. Após engordar, ela deu início a uma dieta e perdeu quatro quilos em um mês. "Emagreci justamente na região abdominal. Agora, penso em começar a pular corda, que é barato e eficiente."
Pin It now!

40 comentários:

  1. força na peruca amiga...uns deslizes aqui não matam ninguém mas só não faça sempre né ,,,bjim

    ResponderExcluir
  2. Atrasadinha porque seu dia a dia é corridinho, kkk!
    É difícil mesmo, né, amiga!
    Mas tem que perseverar.
    Você falou que está tomando chá verde, você viu a reportagem que passou no Jornal Hoje semana passada?
    Nesse link você pode ver se não viu:

    http://g1.globo.com/jornal-hoje/noticia/2011/01/riscos-e-beneficios-do-cha-verde.html

    Eu tomava de forma errada, exagerava na quantidade!

    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Oi, Helena.
    Faz quase um ano que visito teu blog. Ele é muito lindo, você faz coisas maravilhosas!
    Eu criei coragem e montei um bloguinho. NÃO sei mexer muito, ainda. Inclusive ele ficou um bom tempo parado pq não conseguia mexer, então desanimei.
    Mas vendo vocês escreverem, pensei: se elas conseguiram eu também consigo!
    Sou semi- analfabeta em computador.rsrsrs
    Dá uma olhadinha lá!
    Ainda vou postar algumas coisinhas, que inspirada em vocês tô aprendendo.
    Força na dieta!! Você consegue!!
    Bj.

    ResponderExcluir
  4. FICO MUITO TRISTE AO SABER QUE DEPOIS DOS QUARENTA TUDO FICA MAIS DIFÍCIL,MAS NUNCA IMPOSSÍVEL!!RSRS

    ResponderExcluir
  5. Oi amiga linda!
    Muito interessante o conteúdo do seu post.
    Meu pai que tem 75 anos e é muito divertido, com um pique invejável, o mesmo peso de quando se casou, diz que não conta para o cérebro dele sua real idade...rsrsrs... diz ao cérebro que é um forte rapaz muito saudável...rsrsrs... e sendo assim o cérebro age comandando o corpo de um jovem rapaz...rsrsrs... estou como ele; não quero aceitar esta sina que a ciência me conta...hahahahahahaha... vou usar o truque do meu pai... vamos??? Rsrsrsrsrs.
    Beijocas, mocinha de vinte e poucos anos!!!

    ResponderExcluir
  6. Oi Helena
    A tal da menopausa é mesmo difícil. Estou sentindo na própria pele alguns incomodos, principalmente gordura na região abdominal, coisa que cinco anos atrás não tinha.
    Estou malhando pra valer, com uma dedicação danada, procurando fechar a boca pra coisas engordativas e deliciosas. Mais ninguém é de ferro, deslizes estão sempre acontecendo.
    O segredo é não desanimar, perseverar sempre.
    Bjo

    ResponderExcluir
  7. Amiga eu quis escrever "real idade"...rsrsrs vi que saiu junto ... realidade.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Amiga eu quis escrever "real idade"...rsrsrs vi que saiu junto ... realidade.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Boa noite minha querida!

    Ah...mas também dieta de férias e num calor destes não dá neh.
    Imagina só não tomar um sorvetinho com este calor?
    Mas continue firme aí, que aos poucos os efeitos desejados aparecerão.
    O mais importante é a qualidade de vida :)
    Beijo,

    Andreia
    http://universoemcores.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Ai querida que delícia a casa da mamãe, e na praia então...
    Aproveita mesmo, relaxe e tome muita água de coco.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oie, tudo bem?

    Dei uma passadinha aqui para conhecer adorei o blog. Já estou seguindo.

    É sempre bom comer, fazer dieta é um verdadeiro sacrifício.

    Sou uma nova blogueira, quando puder, visite o meu tbm: http://gbazani.blogspot.com
    Espero que goste.

    Obrigada.

    Beijos.

    Gi.

    ResponderExcluir
  12. Oi Helena querida, obrigada pelo carinho e preocupação, na verdade a situação está desgastada demais mas não é diretamente nos filhotes é mais naquele outro lado. Adorei essa postagem sobre a dificulade das mulheres em perder peso na meno. Qto aos passarinhos, fiquei feliz mas ao mesmo tempo envergonhada. Vc está proibida de deixar eles voarem pra cá enquanto eu não conseguir te retribuir tudo que vc tem me dado em todos os sentidos. Ouviu bem???? Obrigada pelo colo, hj não dá... mas no decorrer dos dias te mando um e-mail te explicando melhor, bjs.

    ResponderExcluir
  13. Olá Helena!Isso mesmo amiga, força na dieta!!!!Beijinhoss e ótima semana.

    ResponderExcluir
  14. Amiga querida!
    Nem me fale na dificuldade em perder peso depois dos 40...estou vivenciando tudo isso! Menos a menopausa.
    Que DEUS nos abençoe amiga.

    Beijo grandeeeeeeee.

    ResponderExcluir
  15. Oi Helena querida de todos rsrsrsrs
    Não acredito que de férias na praia curtindo a mamãe você teve tempo pra fazer meu avental mas vc é nota 1.000 mesmo e ainda é modesta é claro que deve ter ficado lindo como tudo que vc faz , muito obrigada por dedicar esse tempo para lembrar de mim e fazer o avental, não tenho nem palavras.

    Um beijo enorme e fica com Deus.

    ResponderExcluir
  16. Adoro suas matérias, parece coisa de revista. Mto bom seus esclarecimentos.
    Bjs♥

    ResponderExcluir
  17. Oi Helena,é sempre um prazer comentar aqui.
    Eu que agradeço pelo carinho.
    Beijinhos carinhosos
    Sandra

    ResponderExcluir
  18. Adoro seu blog, curto cada invenção....

    Acabo de criar o meu blog, aguardo sua visita.


    http://www.ateliedoceinspiracao.blogspot.com/

    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Oi, querida!
    Adorooo quando vc me visita!

    Desculpe demorar a te responder, mas fui buscar meus filhotes que estavam na casa dos avos deste a virada do ano, já estava morrendo de saudades....rs....
    Aproveitei e passei o final de semana na praia, porque mesmo desanimada, ninguém é de ferro né?
    Ate esqueci dieta esta semana, impossível, minha mãe fez tudo que podia e não podia e não tive jeito de sair fora kkkk( desculpa esfarrapada!)
    Mas voltei animadinha, fiz as unhas, pintei e cortei os cabelos, estou me sentindo outra .....rs....
    Amiga, Venha conhecer Petrópolis quando quiser e terei o maior prazer em receber vc e sua familia.
    Bjs querida e
    Aproveite bastante
    Ana Lucia

    ResponderExcluir
  20. Oi amiga querida,tudo bem? Está em pleno vapor com a dieta,sabe que eu até queria participar também,mas acho que não dá mais tempo né?
    Olha passando só para matar saudades e ver como está.
    Beijos,que Deus continue te abençoando
    Ilcarla.
    "O choro pode durar uma noite,mas a alegria vem pela manhã.Deus é contigo mulher valente."

    ResponderExcluir
  21. Oi Helena querida
    Boa semana pra vc
    adorei o post
    Boa sorte na dieta tbm
    Bjokas

    ResponderExcluir
  22. Força neste dieta!*))

    Helena, fiquei um pouco confusa com o comentário que deixou para mim.Será que ele era para mi mesmo??hihihi!
    De qualquer forma obrigada!
    beijos, Cora.

    ResponderExcluir
  23. Oi amiga do meu coração,
    Vim te ver ...e vejo essa disposição...caminhando, comidinhas de mãe é nada light...rs, hein? ...e tá na praia Lena? Que coisa boa...
    Continue no seu propósito...e vai ver esse peso indo embora...(apesar de q acho q a cumadi tá com o corpinho ideal, né? :)
    Um bejim grande no seu coração!

    ResponderExcluir
  24. Oi Helena minha linda, eu sei bem como é fazer dieta, estou precisando tanto eliminar alguns quilos mas o pediatra do Pedro não me deixa por causa da amamentação, me disse pra cortar só as massas e caminhar, mas como lemos aí acima depois de uma certa idade as coisas não são mais tão fáceis assim rsrs, nossa depois de 4 filhos meu corpo não responde mais rrs, a musculatura do abdômem não volta mais aaafff, só cirurgia mas depois da cesária acho que não quero ver bisturí na minha frente tão cedo rsrs, minha linda passei aqui várias vezes mas não deixei minha marquinha por aqui, mas adorei o aparador ficou lindo e essas bolas que coisa linda hem? me apaixonei mesmo bjks doces e fica com Jesus...Cris

    ResponderExcluir
  25. Ai Helena, vc é um amor viu!!! Obrigada por não me achar gordinha... fiquei muito feliz!!!

    Perder peso é uma das coisas mais difíceis pra mim tb, mas agora estou com muita vontade de emagrecer... minha cabeça está diferente... estou pensando no meu filho, não tenho ainda, mas pretendo engravidar daqui uns dois anos, e quero estar em forma e saudável pra quando essa hora chegar!!!

    Um bjão, vou estar torcendo por vc!

    ResponderExcluir
  26. Você deve tentar perder peso, 50 - Eca ... mas descobri que, tendo os cães para longas caminhadas e ajuda os cães amam os passeios ao ar livre. Eu sei que isto é dirigido a mulheres, mas nós, homens, luta de verdade. Era tão fácil quando mais jovem.

    ResponderExcluir
  27. Oi Helen, ótimo post viu, bem esclarecedor, depois que iniciei a menopausa tudo mudou, parce que ficou mais lento, temos que aprender a lidar com tudo isto.
    Beijos querida A Paz de Cristo

    ResponderExcluir
  28. Oi Helena, gosto de vir aqui, vc escreve muito bem e com clareza, sabe alem de tudooo que vc faz tem tempo pra nos encher de informação...me conta viu suas pimentas la no blog da cintia??
    aoarece por lá rsrsr
    http://sobreviveremsinop.blogspot.com/2011/01/voce-conhece-fernanda.html

    beijokas

    fer

    ResponderExcluir
  29. Heleninha, querida, suas visitas sempre me deixam mais feliz!!!
    Continua firme na dieta, que no final dá certo; mesmo que demore um pouquinho...
    Beijos
    Deus te abençoe sempre!

    ResponderExcluir
  30. Mas não desista e não saia da dieta de jeito nenhum.

    ResponderExcluir
  31. Oi Heleninha,t udo bem? passei para te dar um beijo!!

    Carmen

    ResponderExcluir
  32. Olha, até que você não está "se comportando" tão mal não. Basta ajeitar mais umas coisinhas e sua RA engrana legal. Força aí. E conte com meu apoio!.

    ResponderExcluir
  33. Ah, Helena p mim tb tá difícil, sou mega ansiosa sem querer fiz da comida minha válvula de escape... até postei sobre isso. mas usemos esse tempo como forma de autoconhecimento, p aprendermos a visualizar as 'situações de risco'.
    bjs e força

    ResponderExcluir
  34. Helena, o prazer em conhecer é todo meu, amei o seu recadinho, obrigada por me visitar, fiquei imensamente feliz

    um super beijo e obrigada pelo carinho

    Valquiria

    ResponderExcluir
  35. Oi Helena! Ixi não estressa não! É dificil perder aos 40, aos 30, aos 20... e por ai vai, mas nossa força de vontade ha de ser mto maior! Vamos que vamos!!!
    Bjuxxxxx e bom restinho de semana!

    ResponderExcluir
  36. Olá,Helena.
    e ai como esta sua dieta?muitos deslizes?depois queremos ver um post com os resultados.independente do resultado obtido.
    Boa noite!
    Que Deus CONTINUE TE ABENÇOADO!
    LIDIANE

    ResponderExcluir
  37. Frô dieta por si só já é algo q tortura, imagina então nas férias e em casa de mamys, literalmente NÀO ROOLA!!
    Mas vc está sim indo muito bem, viu, pq essas "recaídas" são mais q naturais, pq vc não tem q se privar de nada, ao contrário, é saber dosar e substituir depois! ;oD

    xerinhos, frô!
    Paty

    ResponderExcluir
  38. Amiga, só agora consegui ajeitar minha conexão com a OI... aí hj passei o dia ajeitando pendências, de conversas por email e respondendo recadinhos do blog, deixei prá te ligar amanhã com calma (hoje). Minha mãe sempre reclamou disso, da dificuldade que é perder peso, ela agora está na casa dos 50, ainda mais neuras... hehhehehe. Mas firmes nós vamos, né? Devagar chegamos lá. Beijocas ♥

    ResponderExcluir
  39. Olá Helena,

    É bem verdade, eu desde que fiz os 40 anos todos os 2 a 3 kilos que eu ganhava no inverno e os perdia com facilidade no verão, nunca mais os consegui perder e ainda não estou na menopausa. Passei dos 55 kilos para os 60 kilos e só tenho 1,55m e é tudo na zona da barriga. Só numa refeição se eu não tiver cuidado engordo logo um kilo e não consigo perdê-lo. Já tomei comprimidos para emagrecer e não me fazem nada, nem com as caminhadas.
    O meu "mal" é ter muito apetite e tudo me sabe bem e o outro mal é eu jantar muito tarde, às vezes às 21 horas, mas com o horário do marido não dá para ser mais cedo, tento é fazer comidas mais leves, mas nem sempre dá.
    Este post já vai longo, foi mesmo uma confissão, hehehe.
    Beijinhos e boa semana.
    São

    ResponderExcluir

Que bom que você deixou seu recadinho ! ADORO !!
Muito obrigada pelo carinho!!!