quinta-feira, 13 de maio de 2010

Como posso criar um criminoso?


O título é duro, mas a realidade que temos vivido nos nossos dias também nos chocam, nos entristece e nos intriga...aonde erramos? O que podemos fazer para reverter esta realidade? Qual será a nossa contribuição para que estas notícias tão cruéis que tem chegado até nós, deixem de ser corriqueiras? Qual nossa parcela de culpa nisto tudo?

Ontem eu estava visitando o blog de uma amiga muito querida, a Ana Karla, do Misturação, e ela relatava sobre uma notícia que a havia chocado... leia o post   AQUI.   ( Bullying ) e me fez pensar não só na violência que temos visto e vivido, mas nas causas desta violência gritante entre os jovens....
Conversando com Deus , me vi a pensar...não podemos ser omissos na nossa responsabilidade perante a situação que o mundo está hoje....nós como pais, ainda mais, precisamos pedir a sabedoria do Senhor para criar, formar o caráter de nossos filhos...é uma "baita" responsabilidade, não acham?
Encontrei este texto num site cristão - A Chamada.com.br - e quero compartilhar com vocês, amigas queridas, pois a mudança do mundo começa dentro da nossa casa, não e´?

Que Deus abençoe ricamente a todas nós, mães, professoras, profissionais, donas de casa, enfim, mulheres que tem uma missão divina , e que ELE nos dê da Sua Sabedoria para que consigamos fazer a nossa parte!

Beijoooooooo, beijooooooo

E uma ótima quinta-feira pra todaaaaaa(os ) nós !!




Como posso criar um criminoso?



A Bíblia nos ensina em Provérbios 22.6: "Ensina a criança no caminho que deve andar, e ainda quando for velho não se desviará dele."
A chefia de polícia de Houston, Texas (EUA), publicou as seguintes diretrizes irônicas sobre a educação de filhos:

Como posso conduzir meu filho a caminhos errados?

1. Desde pequeno, dê ao seu filho tudo que ele deseja.

2. Ache graça quando seu filho disser palavrões, pois assim ele ficará convencido da sua originalidade.

3. Não lhe dê orientação espiritual. Espere que ele mesmo escolha "sua religião" depois dos 21 anos de idade.

4. Nunca lhe diga que ele fez algo errado, pois isso poderia deixá-lo com complexo de culpa.

5. Deixe que seu filho leia o que quiser... A louça deve ser esterilizada, mas o espírito dele pode ser alimentado com lixo.

6. Arrume pacientemente tudo que ele deixar jogado: livros, sapatos, meias. Coloque tudo em seu lugar. Assim ele se acostumará a transferir a responsabilidade sempre para os outros.

7. Discuta freqüentemente diante dele, para que mais tarde ele não fique chocado quando a família se desestruturar.

8. Dê-lhe tudo em comida, bebida e conforto que o coração dele desejar. Leia cada desejo nos seus olhos! Recusas poderiam ter perigosas frustrações por conseqüência.

9. Defenda-o sempre contra os vizinhos, professores e a polícia; todos têm algo contra seu filho!

10. Prepare-se para uma vida sem alegrias – pois é exatamente isso que o espera!

Quem "educar" seus filhos dessa maneira, realmente deve esperar anos difíceis, pois a Bíblia diz em Provérbios 29.15b: "...a criança entregue a si mesma vem a envergonhar a sua mãe". Aquele, entretanto, que seguir a Palavra de Deus na educação, experimentará o que diz Provérbios 29.17: "Corrige o teu filho, e te dará descanso, dará delícias à tua alma."

* Texto de Norbert Lieth Pin It now!

36 comentários:

  1. Concordo plenamente! Acredito que uma boa educação resolveria muitos problemas, mas como cobrar isso de pessoas que nunca foram preparadas para educar e orientar? Se observarmos bem, vivemos um circulo vicioso, repetindo os mesmos erros dos nossos pais.

    Obrigada pela mensagem de conforto.
    Estou bem melhor...
    Bjus.

    ResponderExcluir
  2. olá querida.......perfeito este texto...meu Deus muitas pessoas deveriam ler ...ou melhor muitas mães,pois deixam seus filhos fazerem o que quer...crianças pequenas batem nos seus pais e ele não fazem nada.......um horror to pela misericordia de Deus msm......muito legal viu Helena achei bacana........todo mundo ler...principlamente pessoas que tem filhos....tenha um ótimo restinho de tarde....ah ja falei que adoro seu blog...posso não comentar mais entro todo dia....rsrsrs bjooooos

    ResponderExcluir
  3. Olá Helena, realmente o mundo de hj nos faz pensar no que anda dando errado né? Mas mudando de assunto, que cestas para piquinique lindas lá embaixo, fiquei babando!! eu quero!!! Obrigada pela visita ao meu blog e volte sempre! bjos, Nane www.vovoqueensinou.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Excelente Helena!
    Nossa, esse texto eu já o tinha recebido de uma amiga pelo e-mail. Verdadeiríssimo.
    Deixemos nossos filhos fazerem o que querem e atendamos seus desejos e ele será mais um delinquente. Uma palavra forte, mas é isso em que os jovens estão se tornando. Jovens sem rumos e sem limites.
    Começa em casa.
    Parabéns pelo post.
    Xeros!

    ResponderExcluir
  5. Oi Helena, concordo em tudo, sei que não deve ser fácil criar um filho, um dos meus maiores medo é não saber criar, mas tenho certeza que farei de tudo para ele não se transformar em uma má pessoa!
    Bjs...

    ResponderExcluir
  6. Helena, eu mesmo já passei por experiência, não tão séria quanto essa relatada no outro blog, mas isso é uma constante, quase: sempre que uma criança, ou adolescente foge um pouco do padrão da maioria, acaba sofrendo discriminação.
    Ano passado precisei ir à escola do filho do meio: enquanto eles reclamam, vez por outra, da perseguição, a gente até aconselha relevar, mas quendo o vi chorando, só de pensar em voltar à escola depois das férias, percebi que o problema era mais sério. E olha, que meu adolescente é um dos melhres da escola, educado e cortês, mas precisei cobrar da direção da escola que chamassem os pais do colega que o perseguia na escola, para que a situação amenizasse. Disse na escola que o outro menino não precisava gostar do meu filho, mas precisava aprender a respeitá-lo.
    O mesmo aconteceu com o menor. Como ele costuma voltar sozinho da escola, estranhei quando me pediu que o pegasse, sempre que saísse. Descobri que outros meninos o perseguiam fora da escola e tomei providências. Hoje ele continua com a independência de voltar pra casa sozinho, mas sem se sentir invadido.
    Acho que crinças e adolescentes são muito influenciáveis: bsata estar em grupo, para aceitar fazer coisas que não fariam, se estivessem sozinhos.
    A atuação dos pais faz a diferença, pois se eles percebem que os adultos não se importam, a porta é aberta aos exageros.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  7. Tu não poderia estar mais certa com esse post. Temos que pensar mesmo.
    Uma professora da minha cidade fez o aluno pichador apagar a pichação na escola, na frente dos colegas.Os pais se revoltaram contra ela..inclusive ela teve uma repremenda dos seus superiores.
    Mas toda a opinião pública deu força a professora.
    Acho que os jovens estão sem limites, mimados e cheios devontade.
    Graças a deus também temos bons exemplos. Mas poucos.
    Acredito realmente que o erro começa com nós mesmos.
    Temos que meditar e mudar nossas cabeças. Obrigado pelo post.Adorei!

    ResponderExcluir
  8. Olá amiga

    Tem toda razão e quero agradecer por esses conselhos maravilhosos,. Tem um selinho para si no meu blog.
    Beijocas da xanó

    ResponderExcluir
  9. Helena, dá até arrepios ler este texto, é cada coisa que vemos por aí, e perto de nós, né? Temos que cuidar!!!
    Passei pra agradecer o carinho lá no meu blog, fiquei muito muito feliz!!! eu sempre venho aqui, muitas vezes não comento de cansada que estou, mas adoro!!!
    Beijosssssssssssss e muita luz
    Vero

    ResponderExcluir
  10. Olá!!!! Fiquei mto feliz com a visita no meu blog e mais feliz ainda com o recadinho que vc deixou!!!
    É tão bom conhecer novas pessoas (principalmente as de bom coração, iguais a vc) nesse mundo tão doido...rs..
    Adorei seu blog.. Vai entrar nos meus preferidos tbm!!! Estou te seguindo...kkkkk.....
    Pode deixar que posto um PAP da pátina com cera.. É mega fácil de fazer!!!
    Vou postar um PAP de como decupar latinha de alumínio tbm!!!!
    :)
    Mil beijinho!!!!
    P.S:Vou vim sempre aqui!!!

    ResponderExcluir
  11. oi Helena

    Desculpe a falta de visitinhas, mas prometo aparecer mais, ok...
    ótima postagem pra gente refletir... tem acontecido horrores por todos os lados, o mundo anda muito cruel.
    Vou te passar o blog de um amiga pr aquando tiveres um tempinho conhecer, é o asas da imaginação da Maria Lúcia, tem na minha listinha,acho que vais gostar de conhecer....

    bjocas

    ResponderExcluir
  12. Eis a coisa mais dificil deste mundo mãe...educar...estou tentando acertar e vejo que minha filha tem já um espirito amoroso e compreensivel,mas falhas ocorrem...e ai a gente tem que ir corrigindo...mas e muito dificil...basta aqueles olhinhos se encherem de lagrimas que a gente entra em alerta maximo...
    Beijim
    Deusa
    vasinhos coloridos

    ResponderExcluir
  13. Oi Flor

    muito obrigada pelo carinho viu...tamos de volta...até a próxima reviravolta! rss

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  14. vim retribuir sua visita. vou voltar mais vezes! um bj doce!

    ResponderExcluir
  15. Oiiieee.. linda!!! Estou morrendo de saudades tmb... mas é que estou numa correria só, ultimos ajustes do trabalho de conclusão de curso... tô uma pilha de nervos... maluquinha da silva!!!! rsrs mas tô morrendo de saudades...

    ResponderExcluir
  16. Alias... eu ja tinha lido este texto... e achei ele muito tocante... infelizmente os valores hoje dias estão mudados...

    Tenho medo de pensar como será daqui pra frente... e não consigo visualizar um futuro melhor... tenho medo pelos meus filhos (que ainda não existem...)

    Esses dias a mídia estava falando sobre aquelas pulserinhas... meu Deus, qnd eu era pequena, tinha várias pulserinhas coloridas... hoje em dia usando uma inocente pulseirinha vc está pedindo pra ser atacado... e o pior é quem sabe disso e usa, e deixa seus filhos (e filhas) usarem...

    Acho que o fato da mulher ter entrado no mercado de trabalho porém isso trouxe consequências sérias para os lares...

    Na net eu encontrei muitas mulheres como eu, que trabalham estudam e desejam formar uma familia... não abrem mão de cozinhar sua própria comida, de aprender a fazer pelo menos um prato para agradar o marido, de querer manter sua casa bonita, perfumada, decorada...
    Muitas amigas minhas da facul falam: eu não nasci pra ser Amélia e tal... é claro que antes a mulher só fazia isso por responsabilidade... mas eu conheci pessoas que se sentem bem fazendo isso...

    Todos os dias eu me pergunto se darei conta... pq acho que se eu me sentir incapaz de ter um filho, vou fazer o favor para a sociedade de adotar um bichinho, ou me ocupar fazendo caridade... digo isso pq tem gente que acha que criar filho é fácil assim: alimentar, mante-lo seguro e feliz... com fazemos com os pets, um filho é um desafio imenso e não é todo mundo que deveria ser pai ou mãe...

    que Deus nos ajude...

    ResponderExcluir
  17. Lena,
    Texto maravilhoso que nos abre os olhos...
    Nossos filhos devem ser criados e educados com a sabedoria do Sr...
    Infelizmente os valores do mundo são outros...e muitos pais preferem essa escolha, mas depois de jovens, sofrem as consequência.
    Todos temos liberdade de escolha...mas a criança deve ser ensinada e ter sempre uma base.
    Educação e correção na medida certa nunca é demais.
    Um bejim e uma linda sexta!
    Vinni

    ResponderExcluir
  18. Oi Flor!!! Não se preocupe.. Vou ajudar no que eu puder...rs...
    O primer é como se fosse um selante para a peça de ferro não enferrujar e a tinta aderir melhor... Vc pode comprar nas lojas de artesanato msm... Eu uso da Acrilex.
    A cola gel para decupagem compro em loja de artesanato tbm e uso da Corfix (q é mto boa tbm)..
    Fico feliz que vc gostou do pap.. De para entender direitinho?
    :)
    bjokinhas

    ResponderExcluir
  19. Que ótimo texto! Não é fácil educar filhos né? Temos que ter muita ajuda do papai do céu para fazer tudo certinho...
    Obrigada pela visita flor!
    bjo bjo *Ü*

    ResponderExcluir
  20. Helena, eu dou palestras p/ grávidas carentes, e uma dos temas que sempre abordo é LIMITE. Falo do qto é importante não perdermos as rédeas dos filhos desde de pequenos. O que está no texto que vc publicou eu ressalto bem p/ elas.
    Espero que gerem bons frutos no futuro...

    Bjs♥

    ResponderExcluir
  21. Oi Helena, desculpe pelo sumiço aqui na sua casa...rs!!

    Concordo com tudo que você escreveu e com o texto que postou. A educação e o caráter dos futuros homens e mulheres começa dentro de nossas casas, somos nós quem temos que cuidar para que nossas crianças sejam pessoas de bem!!

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  22. Olá Helena,sou nova por aqui,mas já estou te seguindo.Quando quiser me faz uma visita
    http://conversasodemenina.blogspot.com/
    Beijos,até breve.

    ResponderExcluir
  23. Oiiie Helena minha qrida desculpe o sumiço'
    Essa faculdade vai acabar me matando não ta dando tempo pra nada'
    Entro correndo para fzr posts e ler os comentarios e já corro pros livros'
    Vou fzr o possivel pra não ficar em falta com vc'
    BJOo

    ResponderExcluir
  24. Oi Helena! Muito pertinente o texto. Eu o uso muito com os pais.
    Beijos e um maravilhoso sábado para você!

    ResponderExcluir
  25. Oi Helena querida!!!! Vc não sabe a diferença que o seu comentário fez no meu dia, nem imagina viu, é verdade tudo o que disse eu só tenho a agradecer tudo que tenho a Deus, muitooooo obrigada pela força, hoje estou me sentindo bem melhor.
    Um beijo no coraçao

    ResponderExcluir
  26. Ah, sobre os skins para notebook, qual vc gostou e quantas polegadas tem o do seu esposo? aí te passo o preço certinho.
    Bjuxxxxxxxxxxx

    ResponderExcluir
  27. Dá medo...mas na minha opnião temos q dar muito amor e ajudar na autoestima e acredita q eles sejam sempre sinceros.

    http://tatidesignercake.blogspot.com

    ResponderExcluir
  28. OLÁ QUERIDA!!! VOCÊ ESTÁ CONVIDADA PARA FESTA DOS ANOS 50 PASSA LÁ NO BLOG,PARA PEGAR SEU CONVITE RSRSR.
    BEIJOS!!!

    ResponderExcluir
  29. Helena querida! Adorei esse post e como comentei num post esses dias, a maior preocupação da minha vida é que meus filhos se tornem pessoas de bem. Que Deus me ajude a conduzi-los ao caminho certo. Obrigada pelo comentário carinhoso lá no meu último post. Gde beijo
    Cynthia

    ResponderExcluir
  30. Oi Helena, eu já conhecia esse texto, mas é sempre bom relembrar. Tenho dois filhos, de 15 e 11 anos, e isso tudo me preocupa muito, crio que como todas as mães...
    Beijos

    ResponderExcluir
  31. Olá Helena! Desculpe por ter sumido daqui do seu espaço, mas é que as vezes o tempo é curto. Bom, não sou mãe ainda, mas tenho plena consciencia de que educar filhos tem sido uma tarefa árdua. E um dos motivos é o mundo em que vivemos hoje. As coisas estão cada vez piores, principalmente pelos valores explicitos ou subliminares que a mídia tem transmitido... Cada dia que passa ficamos sabendo de tragédias, violências e nos sentimos de mãos atadas, sem poder fazer nada para mudar este quadro catastrófico. Mudar o mundo, é praticamente impossível, mas podemos tentar, começando de dentro de casa, melhor ainda, por nós mesmos. A Bíblia diz, que a mulher sábia edifica sua casa e a insensata destrói. infelizmente o que mais temos visto por aí, são mulheres insensatas, que apoiam e muitas vezes aplaudem os erros dos filhos. É por isso que devemos criar nosso lar com com base nos princíios bíblicos, só assim este tempo de calamidade não nos atingirá.

    Ah! Aparece lá no meu Blog, fiz algumas modificações, acho que você vai gostar.

    Beijos e Fique com Deus!

    ResponderExcluir
  32. Oi querida cheguei! Desculpe pela demora é que estou assim igual vc ,no dia a dia corridinho.
    Agora vim só retribuir sua visita, e achei uma simpatia o seu cantinho.
    Ví que temos muito em comum:
    A cidade, Curitiba, tbém morei aí e minha mãe está aí como vc já sabe, vc gostar de Londrina, tbém gosto, e já ví que somos apaixonadas pelo mesmo homem: Jesus, hehe
    ah,olha só, quem foi aí passear foi a minha irmã caçula a Iris que também posta aqui no blog. Mas eu vou p CTBA provavelmente semana que vem, já to até pensando no friuzinho, aiai.
    Querida agora vou ler seu post.
    Um beijão e apareça.

    ResponderExcluir
  33. Olá, Helena tb andei sumida, mas aqui estou eu. Sou professora de escola pública e o q vejo dia após dia é o afastamento maior entre pais e filhos, a falta de respeito, de limites, de atenção, de carinho, falta de tudo, falta saber o q é verdadeiramente uma família. Bjs.

    ResponderExcluir
  34. Texto perfeito!!Obrigada por compartilhar,beijos

    ResponderExcluir
  35. Amém...concordo tbm, pois a palavra de Deus é perfeita em todos os sentidos, especialmente no que diz respeito a educação de filhos.....que o senhor jesus nos capacite a colocar em prática isso, a correção com amor aos nossos filhos, ao uso da varinha como benção para vida deles......bjs querida!!

    ;)

    ResponderExcluir

Que bom que você deixou seu recadinho ! ADORO !!
Muito obrigada pelo carinho!!!